(51) 99877.8389
(51) 3022.5100
  • Active Directory com Linux e SAMBA 4

    Alterantiva Open Source ao Active Diretory, permitindo que seja feito gerenciamento e compartilhamento de arquivos em uma rede Microsoft.

Active Directory com Linux e SAMBA 4

SAMBA é um programa de computador, que pode ser instalado em qualquer distribuição Linux, que simula um servidor Windows, permitindo que seja feito gerenciamento e compartilhamento de arquivos em uma rede Microsoft. 

O SAMBA, na versão 4, implementa um serviço de diretórios LDAP com autenticação Kerberos, oferece suporte a DNS dinâmico e atende a diversos serviços para os quais, antes, só se pensava no Active Directory da Microsoft.

 

Hoje ele fornece tudo que é necessário para trabalhar como um Active Directory Domain Controler, tendo compatibilidade total com o Sistema Operacional Microsoft Windows atual. Sendo que podemos implementá-lo em ambientes de produção como Controlador de Domínio primário ou secundário.

Os aplicativos que levaram à criação do Samba foram originalmente criados por Andrew Tridgell. O projeto foi iniciado em 1991, quando Andrew precisou criar um protocolo de rede próprio para trabalhar com o programa Pathworks. Diante da ausência de documentação sobre o SMB (Server Message Block), que é o protocolo padrão usado pelo sistema de arquivos de rede do Microsoft Windows, Andrew realizou a engenharia reversa e publicou o resultado do seu trabalho na internet com o nome SAMBA.

Desde então, com o apoio da comunidade, Andrew e outros desenvolvedores estão desenvolvendo funções e recursos para o Samba ser compatível com o máximo de aparelhos. A versão 4 foi escrita do zero, sendo uma das maiores atualizações da história do SAMBA.

Com os novos recursos, o Linux poderá andar lado a lado do Windows em um ambiente de rede seguro e robusto. 

 

SEM CUSTOS
O Samba 4 fornece praticamente todas as funcionalidades de um Windows Server sem a necessidade do usuário pagar por uma licença de uso, ou seja, não há custo de licença com o Sistema Operacional e, muito menos com as CAls de acesso.

 

FERRAMENTAS DE ADMINISTRAÇÃO
O SAMBA 4 pode ser administrado via linha de comando ou também a partir de uma ferramenta gráfica usando a interface RSAT da Microsoft, exatamente como é feito no ambiente Windows. Com isso, a curva de aprendizado pode ser minimizada, pois pode utilizar a mesma ferramenta de administração amplamente difundida.

 

DIVERSOS CENÁRIOS DE IMPLEMENTAÇÃO
O SAMBA é a solução para empresas que precisam de controladores de domínios ou servidores de arquivos para o diversos cenários, tais como:

- Controlador de Domínio e Servidor de Arquivos em um mesmo servidor;
- Controlador de Domínio Principal;
- Controlador de Domínio secundário;
- Servidor de Arquivos dedicado somente para essa carga de trabalho;
- Servidor de Arquivos em ambiente que já possua Controlador de Domínio Windows ou Linux.

Esses são apenas algumas das possibilidades mais comuns de uso do SAMBA 4 em um ambiente corporativo.


COMPATIBILIDADE COM WINDOWS
A compatibilidade com o MS Active Directory foi possível graças à documentação oficial e os testes de interoperabilidade da Microsoft, permitindo fornecer suporte para recursos como diretivas de Grupo, perfis móveis, ferramentas de administração do Windows, integração com o Microsoft Exchange, entre outros recursos.

O Samba 4 é considerado como a melhor ferramenta para o gerenciamento de um ambiente de rede que possua máquinas de vários sistemas operacionais.

 

  

VANTAGENS

Permite criar um AD completo com SAMBA 4
Permite criar um Controlador de Domínio Principal
Permite criar um Controlador de domínio Secundário
permite criar um Controlador de Domínio Somente Leitura (RODC)
Utiliza a mesma ferramenta de administração que o Windows
Software Open Source, não necessitando de licenciamento comercial
Desnecessário o uso de CALs de acesso para as estações
Migração fácil de AD Windows para AD Linux e vice versa
Permite utilizar perfis móveis

Permite utilizar Lixeira de Servidor de Arquivos
Permite Auditoria de Acesso
Permite utilizar permissões de acesso a pastas e/ou arquivos
Permite a utilização de Políticas de Grupo (GPO)
Permite replicação de Servidores (DFS)
Permite triagem de arquivos pela sua extensão
DNS, kerberos e LDAP integrados.
Permite a integração do SAMBA 4 com o proxy Squid, pfSense, GLPI, Sistemas ERP, etc.